...PALAVRAS INSONORAS!!!

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Doe sangue... não dói nada!

Antigo, mais ainda da para arrancar boas risadas!

video


Enviado por Thiago Rocha


Agência americana dá novo alerta sobre publicação de vírus mortal



Do JB

Nesta terça-feira pesquisadores do Painel Consultivo sobre Biossegurança dos Estados Unidos (NSABB, na sigla em inglês) manifestaram mais uma vez a recomendação de que os dois grupos que possuem trabalhos sobre o vírus da gripe aviária H5N1 - capaz de ser transmitido entre mamíferos e, potencialmente, entre seres humanos - não publicassem detalhes da pesquisa. As informações foram publicadas nas revistas científicas Nature e Science.

Os pesquisadores de um laboratório do centro médico universitário Erasmus de Rotterdam (Holanda) que anunciaram em setembro a criação de um vírus da gripe aviária modificado e de um grupo de pesquisa situado na Universidade de Wisconsin (norte dos Estados Unidos) que conseguiu criar uma cepa do vírus capaz de gerar contágio sem o intermédio das aves são os alvos da recomendação da agência. Devido aos temores gerados pelo estudo e, consequente discussão sobre a publicação, os cientistas anunciaram a suspensão de seus trabalhos durante dois meses.

Segundo o NSABB, informações sobre os métodos e as mutações utilizadas pelos dois grupos podem ser importantes para as autoridades de saúde pública e pesquisadores que se esforçam para compreender a transmissão de vírus e de prever e prevenir a próxima pandemia. Contudo, as informações também podem, em mãos erradas, ser usadas para a prática de bioterrorismo.

No fim de dezembro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) expressou sua profunda preocupação com estas descobertas, destacando que estes anúncios "geraram inquietações sobre os possíveis riscos e pelo uso indevido associado às pesquisas".

Detro apreende 60 veículos irregulares em operação

Do O Dia

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) reforçou o combate ao transporte de passageiros sem autorização em diversos pontos do estado nesta terça-feira. O resultado foi o recolhimento de 60 veículos nesta segunda-feira, sendo maior parte das irregularidades encontradas na Região Metropolitana.

A capital foi o município com maior número de infrações registradas, tendo os fiscais retirado de circulação 18 veículos. Deste total, cinco vans e duas kombis foram apreendidas no Centro, uma van, uma kombi e um Doblô na Pavuna, duas vans em Madureira, duas vans e duas kombis em Guadalupe, uma em Bonsucesso e mais uma em Campo Grande.

Na Baixada Fluminense, equipes recolheram três particulares flagrados fazendo lotada em Magé, uma van e três kombis em Itaguaí, uma kombi em Nova Iguaçu, mais uma em Queimados, duas vans e duas kombis em Mesquita, três kombis em Nilópolis e duas vans e duas kombis em São João de Meriti.

Já em Niterói, equipes encaminharam para o depósito público oito kombis, duas vans e dois particulares. Em Cabo Frio, na Região dos Lagos, foram apreendidos três carros de passeio flagrados praticando lotada. Em Campos dos Goytacazes, no norte do estado, foram recolhidos outras sete vans ao depósito público.

O Detro segue com ações de combate ao transporte irregular diariamente. Denúncias podem ser feitas pela ouvidoria do departamento, pelo telefone: 2332-9535 ou pelo email ouvidoria@detro.rj.gov.br.

Depois de explorar petróleo, Eike Batista quer se tornar cafeicultor



Do DIARIO DE PERNAMBUCO


O empresário Eike Batista, que neste fim de semana se tornou o primeiro produtor privado nacional a extrair petróleo no mar, agora está voltando seus olhares para campos em terra. Só que o objetivo de Eike Batista não é explorar petróleo em terra, mas sim se tornar um cafeicultor. O grupo EBX confirmou que estuda oportunidades de negócios para entrar no setor de café.


Neste fim de semana, a OGX iniciou os Testes de Longa Duração (TLD) em um dos poços no campo de Waimea, na Bacia de Campos. Está se esperando para as próximas horas o início efetivo da produção de petróleo, que representará um marco para a empresa de Eike Batista. A previsão é que o poço atinja uma produção média entre 15 mil a 20 mil barris diários de petróleo.

Rio transborda e deixa 12 famílias fora de casa no RJ, diz Defesa Civil

Foto do site Ururau

Rio Paraíba do Sul, em Campos, transbordou na noite de segunda (30).
Famílias foram levadas para abrigos em escolas públicas.

Do G1 RJ

Doze famílias precisaram sair de suas casas em Campos, no Norte Fluminense, depois que o Rio Paraíba do Sul transbordou na noite de segunda-feira (30). As informações são do major Joaquim Silva, assessor técnico da Defesa Civil do município.

Segundo ele, as famílias, que moram na comunidade Ilha do Cunha, no bairro Pecuário, conseguiram ser retiradas das casas, com seus pertences, ainda noite de segunda. Desde domingo (29), a cidade está em estágio de alerta máximo.

Ainda segundo o major, as vítimas foram levadas para duas escolas públicas: os colégios municipais Castelo Branco e Dom Hélder Câmara.

“Retiramos as famílias das casas antes de transbordar o rio. Começamos a retirá-los por volta de 18h. No Rio Paraíba do Sul, nós podemos monitorar o transbordamento”, disse o assessor técnico. Ele explicou ainda que o rio ultrapassou a sua "cota de transbordo", que é a altura máxima que a água sobe antes de invadir as margens, no caso, 9,60 m, por volta das 22h.

“A gente está dando o apoio logístico à todas as famílias”, explicou o major.

Pedágio da Autopista Fluminense será reajustado a partir do dia 2 de fevereiro



Do yahoo!

RIO - As tarifas de pedágio das cinco praças da Autopista Fluminense na BR-101/RJ Norte serão reajustadas a partir de quinta-feira. A tarifa básica passa dos atuais R$ 2,80 para R$ 3,10, um aumento de pouco mais de 10%. O valor para caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão de dois eixos passará a custar R$ 6,20. O custo é o mesmo para automóvel com reboque e caminhoneta com reboque de quatro eixos. Já condutores de automóvel com semi-reboque e caminhoneta com semi-reboque de três eixos pagarão R$ 4,65. O custo para caminhão, caminhão-trator, caminhão trator com semi-reboque e ônibus de três eixos será de R$ 9,30. Os valores para caminhão com reboque, caminhão-trator com semi-reboque serão de R$ 12,40 (quatro eixos), R$ 15,50 (cinco eixos), e R$ 18,60 (seis eixos). Condutores de motocicletas, motonetas e bicicletas a motor terão que pagar R$ 1,55.



As praças de pedágios ficam localizadas nos quilômetros 40 e 123, em Campos dos Goytacazes, 192, em Casimiro de Abreu, 252, em Rio Bonito, e 299, em São Gonçalo (apenas no sentido Niterói).

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cheia de rios deixa Campos em estágio de alerta, diz Defesa Civil


Segundo assessor técnico do órgão, três rios estão acima do nível. Prefeitura já começou trabalhos para evitar enchentes, diz major.

Do G1 RJ

O município de Campos, no Norte Fluminense, entrou em estágio de alerta máximo na noite de domingo (29), segundo o major Joaquim Silva, assessor técnico da Defesa Civil da cidade. Segundo ele, os principais rios da cidade - Paraíba do Sul, Muriaé e Pomba - estão acima do nível.

Ainda de acordo com Silva, a cidade já se prepara para uma possível enchente. “Já estamos fazendo um levantamento de como fazer os trabalhos de prevenção de enchentes”, disse o major.

Silva informou ainda que choveu muito na cidade durante madrugada, mas nesta manhã o tempo está apenas nublado em Campos.

O secretário de Defesa Civil do município, Henrique Oliveira, informou que o nível do Rio Paraíba do Sul passou de 8 metros.

Resultado do Processo Seletivo 2012 da UFF é antecipado



Do Vestibular Brasil Escola

Pré-matrículas acontecem "esta" semana, de terça a sexta-feira, conforme o campus.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) antecipou para 27 de janeiro, a divulgação do resultado final do Vestibular 2012, que estava previsto apenas para segunda-feira, dia 30.

Confira os aprovados

A primeira fase ocorreu em 15 de novembro de 2011 e foi constituída por 75 perguntas objetivas de conhecimentos gerais. Em 18 de dezembro, foi realizada a segunda etapa, composta por uma redação e duas provas discursivas de conhecimentos específicos, que variavam de acordo com o curso escolhido. No dia 20 seguinte, os candidatos ao curso de Arquitetura e Urbanismo fizeram testes de habilidades específicas.

Foram ofertadas 7.662 vagas para os cursos ministrados em Niterói, Macaé, Itaperuna, Volta Redonda, Nova Friburgo, Rio das Ostras, Miracema, Campos dos Goytacazes, Santo Antônio de Pádua e Angra dos Reis. A universidade também disponibilizou 1.850 vagas através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Registro

Os classificados nos cursos ministrados em Niterói devem efetuar uma pré-matrícula na próxima quinta e sexta-feira, 02 e 03 de fevereiro, das 12h às 18h, nos blocos B, C, D e E, do Campus do Gragoatá, em São Domingos. Aqueles com entrada para o 1º semestre, devem se matricular, preferencialmente, no dia 02 e os ingressantes do 2º semestre no dia 03.

Já os selecionados nos cursos oferecidos nos demais municípios realizam a pré-matrícula, também das 12h às 18h, mas na próxima terça e quarta-feira, 31 de janeiro e 1º de fevereiro, nos locais informados no item 10.4.2 do Edital. Porém, há alteração de horário em Itaperuna e Nova Friburgo, conforme essa nota. Veja o agendamento de todos os campi.

Para o registro acadêmico os calouros devem apresentar uma foto 3x4 recente e cópia dos seguintes documentos: identidade; CPF; certificado de reservista ou prova de estar em dia com suas obrigações militares; título de eleitor e comprovante de estar em dia com a Justiça Eleitoral; certificado ou diploma de conclusão de curso de Ensino Médio ou equivalente e o histórico escolar.

No momento da pré-matrícula, o candidato deverá formalizar seu interesse em ser ou não futuramente remanejado. A primeira reclassificação e remanejamento serão divulgados em 10 de fevereiro, com matrícula para o dia 13. Já a segunda será no dia 28 seguinte, com registro no dia 29 do mesmo mês. Após as duas reclassificações e remanejamentos o candidato deverá formalizar interesse nas vagas que restarem.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Chuva deixa dois bairros isolados em Nova Friburgo



Do Yahoo!

Uma chuva moderada que durou uma hora fez o Rio Bengalas, em Friburgo, transbordar em alguns pontos por volta das 12h30m deste domingo. Houve alagamentos nos bairros Duas Pedras e Prado. De acordo com o Secretário de Defesa Civil de Friburgo, coronel João Paulo Mori, a chuva não causou vítimas, nem provocou acidentes em residências. Neste momento chove fraco na cidade. O mau tempo causou queda de barreira na RJ-116, na perto do Véu da Noiva, levando à interdição parcial da via, que neste trecho está em sistema de pare e siga.

- Temos dois bairros isolados, Amparo e Granja Spinelli e temos mais de uma dezenas de deslizamentos. Mas por enquanto a situação não é grave - diz o coronel, acrescentando que a Defesa Civil está em estágio de prontidão.

Na região metropolitana do Rio, segundo o Centro de Operações Rio, a chuva também foi moderada, mas não houve registro de alagamentos. O Alerta Rio, órgão responsável pela medição do índice pluviométrico registrou a maior chuva na Saúde, no Centro, que chegou a nove milímetros. Para ser considerada uma chuva forte, no entanto, o índice precisa atingir 25 milímetros.

Segundo o Climatempo, as pancadas de chuva começaram por volta das 13h. De acordo com o instituto, ainda pode haver novas pancadas até o fim da noite de hoje, estendendo-se pelo início da madrugada. Para esta segunda-feira, a previsão é de sol pela manhã e novas chuvas moderadas no final da tarde e à noite. Norte Fluminense e na Região Serrana , a chuva pode cair a qualquer momento, intercalada com períodos de sol no Norte Fluminense e na Região Serrana. No sul do Estado, no Grande Rio e na Região dos Lagos, o sol aparece entre nebulosidade variável e chove a partir da tarde.

Primeira cidade a receber iluminação pública



Do RankBrasil

Recorde é de Campos dos Goytacazes – RJ, que obteve o serviço em 1883

Campos dos Goytacazes – RJ foi a Primeira cidade a receber iluminação pública, por sua importância e pela presença de uma usina termoelétrica.

O serviço municipal foi inaugurado em 1883, pelo imperador Pedro II, através de uma termoelétrica a vapor, com potência de 52KW, fornecendo energia para 39 lâmpadas de duas mil velas cada.

No período colonial, a cidade foi referência econômica e política para o Brasil. O município também teve relevância para o movimento abolicionista no país.

Além de fazer história pelo pioneirismo na iluminação pública, Campos dos Goytacazes foi um dos primeiros municípios do país a embarcar voluntários para a guerra do Paraguai, em 28 de janeiro de 1865.

Colonização
A região era habitada originalmente pelos índios Goytacazes, que em tupi-guarani significa ‘corredores da mata’ e para outros, ‘índios nadadores’.

A colonização do município começou em 1627, pelos portugueses. Pertenceu à capitania de São Tomé e depois se tornou a vila de São Salvador dos Campos. Em 28 de março de 1835 o local foi elevado à categoria de cidade.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Amarildo, O Possesso: Campista será homenageado pelo Botafogo

Botafogo cria projeto para homenagear ídolos




Do yahoo!

O Botafogo criou o projeto "Time do Século" para homenagear seus ídolos. A partir de janeiro, um atleta de relevâcia no clube irá ser lembrado mensalmente pelo Glorioso. A diretoria irá fazer irá fazer reportagens, vídeos, e wallpapers e até mesmo produtos oficiais referentes aos ícones do Alvinegro. O primeiro será o ex-atacante Amarildo, apelidado de O Possesso.

Pelo Botafogo, ele marcando 136 gols em 201 jogos. Já pela Seleção Brasileira, ele substituiu Pelé na Copa do Mundo de 1962, no Chile, e sagrou-se campeão mundial. Amarildo nasceu em Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro, no dia 29 de julho de 1940. Além do Glorioso, ele atuou no Goytacaz, Milan (ITA), Fiorentina (ITA), Roma (ITA) e Vasco. Pela Seleção Brasileira, marcou nove gols em 24 jogos.

Na lista dos 13 ex-jogadores que serão homenageados também estão Garrincha, Didi, Nilton Santos, Carlos Alberto Torres, Gerson, Jairinho, Manga, Leônidas, Marinho Chagas, Heleno de Freitas, Paulo César Cajú e Quarentinha.

Shamballa: Nova Onda do Verão

Minha esposa, a Claudia, é realmente uma mulher empreendedora! Mesmo em suas férias, ela não esmorece. Resolveu entrar em mais uma empreitada: a fabricação e comercialização de pulseiras e cordões de Shamballa.

Mas o que é Shamballa?

Dê um "pulinho" no blog dela (aqui!), e fique sabendo.


Abaixo algumas fotos do material produzido:



Mais modelos no blog Claudia: Arte & Sabor

Previsão do Tempo: Sexta será de tempo chuvoso em SP, RJ e MG




Do Terra


Nesta sexta-feira, o tempo fica fechado e chove a qualquer hora no centro-leste de São Paulo, no centro-sul do Rio de Janeiro, no sul e na zona da mata de Minas Gerais. Nas demais áreas paulistas, no norte fluminense e no Triângulo Mineiro, o sol aparece entre muitas nuvens e também há previsão de bastante chuva no decorrer do dia. No Espírito Santo e nas demais regiões mineiras, o sol predomina e faz calor, mas a nebulosidade aumenta e provoca algumas pancadas de chuva a partir da tarde.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Como é grande o meu amor por você

video


O único "senão" do vídeo foi o pai.

Mas a pimpolha deu um show!

PM prende quatro pessoas com R$ 1.800 em notas falsas em Campos


Dinheiro falso e mídias piratas foram apreendidas depois de uma denúncia anônima. Material estava com quatro pessoas no distrito de Santo Eduardo


Detidos também estavam com DVDs e CDs piratas na área rural do município

Do R7

Quatro pessoas foram presas com R$ 1.800 em notas falsas de R$ 50 no distrito de Santo Eduardo, zona rural de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, na madrugada desta quinta-feira (26). Com eles foram encontrados ainda 260 DVDs e 20 CDs piratas.

Os policiais militares (8º BPM) chegaram até o grupo depois de uma denúncia anônima. Eles estavam na rua principal do distrito, quando foram abordados. De acordo com o subcomandante da PM em Campos, Major Carlos Alves, a apreensão mostra que existe uma relação entre as quadrilhas de falsificação de dinheiro e a venda de produtos piratas na região.

Os quatro presos e as mercadorias foram levados para Delegacia da Polícia Federal, em Campos. Major Alves informou que eles vão responder por três crimes: formação de quadrilha, violação de diretos autorais e porte de moedas falsas, que é um crime federal com pena prevista para de três a 12 anos de detenção.

Sentindo na Pele: Falta d'água



Região central de Campos nas mediações do ISE-Censa encontra-se com falta d'água.

Entrei em contato com as Águas do Paraíba e fui informado que houve um grande vazamento na "Formosa" (Rua Tenente Coronel Cardoso). A concessionária ainda informou que já há uma equipe no local para solucionar o problema.

Esperamos que seja o mais rápido possível, uma vez que aqui em casa já acabou, e acredito que brevemente os demais vizinhos terão o mesmo problema, apesar das cisternas.

Atualização às 15:31: O vazamento d'água ocorreu nas mediações do Restaurante Appaloosa Beer, causando cancelamento do abastecimento do Centro, incluindo a parte residencial central, o bairro Av. Pelinca, e parte do bairro do Turf-Club.

Operação contra transporte ilegal termina com 52 apreensões



Do O Dia

Rio - O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) apreendeu 52 veículos, entre, vans, kombis, táxi e carros de passeio flagrados fazendo lotada, nesta quarta-feira. As apreensões aconteceram durante operação de combate ao transporte irregular de passageiros no estado.

Na Capital, equipes retiraram de circulação quatro kombis na Pavuna, quatro kombis e duas vans em Santa Cruz, duas vans em Madureira, mais uma na Barra da Tijuca, outra no entorno da Rodoviária Novo Rio, quatro kombis em Anchieta, duas Zafiras na Avenida Presidente Vargas e uma outra na Avenida Rio Branco.

Na Região Metropolitana, fiscais ainda encaminharam ao depósito público uma kombi em Niterói e três vans em Itaboraí. Em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, um táxi foi apreendido.

O município de Campos dos Goytacazes, no Norte do estado, registrou o maior índice de apreensões, 26 no total, sendo 24 vans, uma kombi e um Doblô.

Denúncias referentes a transporte de passageiros sem autorização podem ser feitas na ouvidoria do Detro pelo telefone (21) 2332-9535 ou pelo e-mail: ouvidoria@detro.rj.gov.br.

Estadual Rio - Final de semana de disputas em Grussaí



Do RicoSurf


Festival de verão em São João da Barra promove a primeira parada do circuito estadual de surf profissional do Rio de Janeiro que acontece nos dias 28 e 29 de janeiro, na praia de Grussaí. A prova oferece R$ 20 mil em prêmios.

O Circuito Estadual de Surfe Profissional do Rio de Janeiro começa neste fim de semana, dias 28 e 29 de janeiro, na praia de Grussaí, com muito surf da elite profissional do estado e do Brasil, embalado pela música da banda O Rappa.

O festival de Verão, que acontece na cidade de São João da Barra, abre as portas para um dos mais cobiçados títulos do Brasil: o de número um do surfe profissional do Rio em 2012.

Quem já fez parte desta disputa no norte-fluminense foi o campeão mundial Adriano de Souza, que conquistou sua primeira vitória entre os profissionais nas águas de Grussaí, em 2002, com apenas 15 anos.

O título marcou a carreira do atleta que até os dias de hoje foi o surfista com menor idade a vencer uma disputa profissional. Isso mostra a tradição e a importância da etapa, reveladora de super campeões.

Vencer nas ondas de Grussaí é uma batalha cheia de emoções. Quem também faz parte desse time de guerreiros é o carioca Gustavo Fernandes.

Campeão brasileiro em 2008, o surfista venceu nos anos de 2007 e 2008 a etapa local.

“Sempre tem uma onda boa por lá, e as previsões estão favoráveis. Foi em Grussaí que comecei minha trajetória para ser campeão brasileiro em 2008. Chegarei na cidade na sexta pela manhã e vou treinar bastante durante todo o dia”, disse Gustavo, bicampeão no evento de Verão.

Essa tradicional competição no Norte do estado terá mais valor este ano, após unificar os pontos do estadual com o renovado Circuito Brasileiro ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional).

A partir de 2012 a ABRASP terá ranking unificado, com etapas de diferentes níveis somando pontos na mesma lista. Os eventos de R$ 20 mil oferecem 1000 pontos no ranking estadual e brasileiro.

Um seleto grupo de competidores vai brigar pelos 1000 pontos no ranking e pelos R$ 6 mil reservados ao campeão.

O evento conta com atrações fora da água, com programação extensa. As opções de lazer são várias. Do recém inaugurado Polo Gastronômico, ao show gratuito da banda O Rappa, programado para a noite do dia 28, sábado, nas areias de Grussaí.

“Queremos um evento marcante nesse retorno do Surfe a São João da Barra”, disse Adilson Lobato, representando a Secretaria de Esportes do município, comandada por Carla Machado.

Para os competidores locais haverá uma categoria especial, com vagas limitadas. Quem está à frente dessa disputa é a União do Surf Norte Fluminense. Para os quatro melhores, além de premiação, haverá uma vaga no evento principal, competindo lado a lado com alguns dos melhores surfistas do país.

Inscrições prorrogadas:
A inscrição para cada uma das etapas do Circuito Estadual do Rio de Janeiro custa R$ 145,00 (cento e quarenta e cinco reais) e pode ser feita até o dia 25 de janeiro para a primeira prova, em Grussaí, São João da Barra, às 17:00 h., na sede regional da Feserj, situada na Rua Senador Rui Carneiro, 8 – Praia da Macumba / Recreio dos Bandeirantes – das 09:00 às 13:00 h.

Atletas de fora do Rio, ou que preferirem, podem fazer depósito na conta da Feserj (Itaú – ag. 8392 c.c. 28963-6), enviando fax com e enviar o comprovante do depósito, com o nome de bateria e categoria que está se inscrevendo, para o fax XX-21-2490-0754 ou por e-mail para simone_feserj@hotmail.com. Todos devem confirmar o recebimento.

Filiação:
Os atletas do Rio de Janeiro não filiados devem efetuar o pagamento da taxa de filiação no valor de R$ 60,00 (sessenta reais) e entregar na praia uma cópia do documento de Identificação (RG ou Certidão de Nascimento) e 02 fotos 3X4.

Os atletas do Rio de Janeiro já filiados devem pagar a taxa de anuidade 2012 no valor de R$ 60,00 (sessenta reais).

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Marinha encerra buscas sem encontrar pescadores no litoral fluminense



Do O Dia

Cinco navegantes estavam no pesqueiro Marimanda e desapareceram após sair de da colônia de pesca de São Francisco do Itabapoana

POR BRUNO GUEDES

Rio - A Marinha encerrou as buscas por cinco pescadores que desapareceram no mar da costa fluminense. Nenhum dos cinco foi localizado, informou o 1º Distrito Naval. As buscas começaram no último dia 15 e duraram sete dias, quatro a mais que o prazo convencional, que é de 72 horas.

Segundo a Marinha, a família fez a notificação do desaparecimento, informando que desde o dia 12 não conseguiam contato com os pescadores, que haviam saído da colônia de pesca de São Francisco do Itabapoana, no Norte Fluminense. No dia 15, quando iniciaram as buscas, localizaram o casco do pesqueiro Marimanda, virado para baixo, a cerca de 120 km da costa do município de Arraial do Cabo, próximo a uma plataforma da Petrobras.

A Capitania dos Portos de Macaé comandou as buscas, com apoio do 1º Distrito Naval, além de barcos da colônia de pescadores. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), também atuou nas buscas. Além disso foi emitido aviso aos navegantes que passavam pela região.

A Marinha não confirmou se o casco do barco já passou por perícia. Não há suspeitas do que aconteceu com a embarcação.

Expansão na Região Metropolitana



Do O Dia

Número de unidades lançadas em 2011 foi 45% maior que o registrado no ano anterior

Rio - O número de unidades lançadas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro em 2011 foi de 13.089 imóveis, entre comerciais e residenciais, em resultado 45% maior que o registrado no ano anterior, segundo dados da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro (Ademi Rio).

A região próxima à construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que deve gerar cerca de 170 mil empregos diretos, registrou expansão significativa no número de lançamentos.

Em Campos dos Goytacazes, por exemplo, o número de lançamentos subiu de 352 em 2010 para 1.167 no ano passado. Já Itaboraí alcançou a marca de 2.620 unidades em 2011, bem acima dos 821 lançamentos no ano anterior.

São Gonçalo registrou alta nos lançamentos de 574 para 1.086. Campos dos Goytacazes, no Norte fluminense, onde é forte a indústria de óleo e gás, cresceu de 352 para 1.167. Na Costa Verde, Itaguaí partiu de 216 para 1.392 unidades de um ano para o outro.

Avicultura: 500 pintos em crescimento na unidade piloto




Do Correio do Brasil


A unidade piloto do Programa de Desenvolvimento da Avicultura, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Pesca de Campos, está com 500 pintos em crescimento. A unidade funciona em área contígua da Escola Técnica Agrícola Antônio Sarlo e integra o Programa Campos Produz, que desenvolve várias ações em parceria com entidades de pesquisa e de fomento no âmbito estadual e federal, voltadas para incrementar a produção de alimentos com qualidade no município, incluindo a cultura de grãos, a avicultura e piscicultura.


Para colocar o programa em prática, também estão em andamento as ações da Secretaria de Agricultura e Pesca em parcerias firmadas com o Sindicato dos Ceramistas e pequenas metalúrgicas da Baixada Campista para a montagem de pequenos galpões para instalação de micro granjas para a introdução da avicultura nas propriedades rurais de 20 pequenos produtores, que vão estar integrados ao programa Campos Produz + Frango, nesta fase inicial.


O secretário Eduardo Crespo informa que os pequenos galpões vão ter em média 140m² e serão construídos com alvenaria e superestrutura e cobertura metálica. “Firmamos diversas parcerias para assegurar o sucesso do programa. No campo técnico, temos a participação com a Uenf (Universidade Estadual do Norte Fluminense); o IFF (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense), a Fiperj (Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro), e a Coagro (Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro), que com apoio científico da universidade desenvolveu uma tecnologia que produz bagaço da cana em pó, que é praticamente isento de sacarose e serve de alimento para as aves, já que não desenvolve bactérias que provocam doenças nos frangos. No campo da construção civil, temos parceria com o Sindicato dos Ceramistas, que fornece tijolos requeimados; e as pequenas empresas que fazem reciclagem de materiais metálicos utilizados nas plataformas da Petrobras”, informa Eduardo Crespo.


O secretário explica que os galpões que vão abrigar as micro granjas obedecem critérios técnicos direcionados a assegurar a climatização com temperatura ideal para o desenvolvimento das aves. “As paredes dos galpões serão de tijolos requeimado e terão altura adequada para ajudar no controle da ventilação, radiação, temperatura e umidade do ambiente onde os pintos serão criados, de forma a estarem prontos para o abate entre 42 e 45 dias”, detalhou Eduardo Crespo.

Indústrias das regiões norte e noroeste fluminense sofrem prejuízo de R$ 30 milhões com as enchentes de janeiro



Da Agência Brasil
Alana Gandra

Rio de Janeiro - As enchentes ocorridas este mês, no Rio de Janeiro, causaram um prejuízo de R$ 30 milhões para cerca de 1.470 indústrias da transformação localizadas nas regiões norte e noroeste fluminense. Os dados constam da pesquisa Impacto das Chuvas no Norte e Noroeste Fluminense, de 2 a 17 de janeiro, divulgada hoje (24) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

O chefe da Divisão de Pesquisas da entidade, Cesar Bedran, disse à Agência Brasil que o ponto de partida para o cálculo foram as perdas sofridas pela amostra de 261 indústrias entrevistadas. Dessas, 53,3% informaram ter sido afetadas pelas chuvas, com destaque para a área de produção (91,4% das empresas); vendas (68%); e administrativa (27%).

Cerca de 57,6% das indústrias acreditam, entretanto, que terão a produção normalizada até o dia 9 de fevereiro, enquanto 42,4% relataram já ter retomado o funcionamento. A maior parte das indústrias é de micro e pequeno porte (95,8%). A maioria (42,9%) está localizada no município de Campos dos Goytacazes.

Os principais problemas apontados foram dificuldade de escoamento da produção (57,6%), recebimento de matéria-prima (56,1%) e funcionários que não conseguiram chegar à empresa (53,2%), mostrou a sondagem. “A gente perguntou quanto tempo as empresas foram afetadas pelas chuvas na produção e a média foi 12 dias”, disse Bedran. Do total de indústrias atingidas, 68% tiveram condições de quantificar as perdas provocadas pelas chuvas, completou.

Para a maioria das empresas consultadas (47,5%), a solução do problema das chuvas passa pela implementação de políticas de planejamento urbano. “Na sequência, vêm melhorias no escoamento da água (44,6%), cuidado em relação ao leito dos rios (40,3%), além de investimento em estradas e impedir a ocupação irregular pela população. São todos itens que fazem parte do planejamento urbano”, ressaltou.

O problema é recorrente nas duas regiões fluminenses. “Dois terços das empresas já sofreram perdas, em anos anteriores, por causa das chuvas”. De acordo com a pesquisa, 15,3% revelaram terem sido impactadas pelas enchentes de 1997 a 2006; 39,8% em 2007; 49,5% em 2008; e 35,5% em 2009 e 2010.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Eike corre atrás de espaço para superporto



Do Diário do Grande ABC

Na tentativa de acelerar a desapropriação das terras do futuro Superporto do Açu, em São João da Barra (cidade litorânea no norte fluminense), a LLX, empresa de logística do megaempresário Eike Batista, decidiu comprar todos os terrenos possíveis numa área de 70 quilômetros quadrados destinada ao parque industrial do empreendimento. Até mesmo as terras cujos supostos proprietários não conseguem comprovar a posse por meio de documentos estão na mira de Eike, incomodado com o impasse criado na região a partir do momento em que anunciou, há quase seis anos, a intenção de construir o porto e um estaleiro.

O bilionário comprou, inicialmente, 100 quilômetros quadrados em um trecho ermo do Açu, no litoral de São João da Barra. Ao requerer do governo do Estado do Rio o licenciamento ambiental, teve de aceitar a contrapartida de manter preservada metade da área, coberta por vegetação de restinga. Assim, passou a ter apenas 50% do espaço inicialmente planejado. O resto das terras que adquiriu virou área de preservação, intocável.

Além do porto projetado para exportação de minério de ferro e apoio à atividade petrolífera na vizinha Bacia de Campos, em desenvolvimento nos próximas décadas por causa de descoberta do pré-sal, Eike vislumbrava para a região um complexo industrial de porte inédito no Brasil.

Só que, com a restrição ambiental, o megaempresário argumentou com o governador Sérgio Cabral (PMDB) que não teria como concretizar o que planejara. O governador decidiu então desapropriar, numa primeira fase, uma área de 23 quilômetros quadrados, vizinha às terras de Eike. Numa etapa posterior, mais 47 quilômetros quadrados.

Foi quando os problemas surgiram. Nas terras da fase 1, a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Rio (Codin) mapeou 151 propriedades rurais. Dessas, só 16 eram habitadas permanentemente; 60 desenvolviam algum tipo de lavoura; as outras 91 eram pastagens naturais, em terreno arenoso e de capim de baixa qualidade. Os 16 proprietários residentes foram indenizados e reassentados na Vila da Terra, construída pela LLX em área vizinha ao futuro complexo industrial. A empresa de Eike já adquiriu 67 das 151 propriedades, nenhuma delas com a posse comprovada por documentos oficiais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Plataforma P-55 deve atracar no porto de Rio Grande em três dias



Do G1

Data ainda depende das condições meteorológicas para se confirmar. Todo o processo de ingresso até a atracação deve durar cerca de 7h30.

O casco da plataforma P-55, construída no Estaleiro Atlântico Sul, em Pernambuco, deve chegar no domingo (15) ao porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, para ser integrado à estrutura superior da unidade (deck box), construída no estaleiro gaúcho. Todo o planejamento para a entrada da plataforma foi decidido nesta quinta-feira (12), durante reunião da superintendência do porto.

A data será confirmada se as condições meteorológicas forem mantidas e se o horário de chegada for condizente com o restante da operação. Caso contrário, a operação será transferida para a segunda-feira (16), também se o tempo ajudar. Todo o processo de ingresso até a atracação no cais sul do dique seco tem duração prevista de 7h30. Posteriormente, a plataforma irá entrar no dique para o acoplamento dos módulos.

A plataforma P-55 é uma das maiores plataformas semissubmersíveis do Brasil. O casco é quadrado, com 94,32 metros de lado. Ela é projetada para operar em águas profundas, com capacidade de produção de 180 mil barris de petróleo por dia. Depois de pronta, ela será levada de Rio Grande até o Rio de Janeiro e instalada no campo de Roncador, na bacia de Campos, a 130 quilômetros da costa, em uma lâmina d'água de 1.795 metros.

Caixa inicia atendimento móvel para população atingida pela chuva no Rio



Do JB com a Agência Brasil

Os moradores do município de Cardoso Moreira, no norte fluminense, começaram hoje (12) a ter o atendimento móvel da Caixa Econômica Federal, que deslocou para a região atingida pelas enchentes o seu caminhão agência.

Ele vai oferecer os serviços bancários da instituição, como pagamento do FGTS, do benefício do Programa Bolsa Família, PIS, Seguro Desemprego, além da contratação de crédito consignado, microcrédito produtivo e construcard e para abertura de contas e outras transações bancárias.

A unidade móvel ficará à disposição dos moradores dos distritos de Outeiro, em Cardoso Moreira, e de Três Vendas, em Campos dos Goytacazes.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

BBB segundo Antonio Veronese



Passando pelo Blog Reflexões me deparei com este vídeo. Não quero entrar no mérito, e muito menos preservo-me no direito de não expor minha opinião em relação ao referido programa. Mas temos que respeitar a opinião dos outros, principalmente de um mágico dos pincéis como o Antonio Veronese. Vejam o vídeo:





Antonio Veronese artista brasileiro de renome internacional, já expôs suas obras em museus, coleções públicas e privadas. Ele é o autor de "Hunger" no FAO em Roma, "Save the Children" símbolo do 50 º aniversário das Nações Unidas para "Just Kids", um símbolo da UNICEF, "A Margem", instalado em 1997 na Universidade de Genebra, também Tensão no Campo (La Marche) Instalada o Parlamento do Brasil ... Por seu trabalho, ele foi convidado para a Comissão de Direitos Humanos na ONU, e recebeu a Supremo Tribunal do Brasil marcado "Honoris Causa" a partir do preço ILANUD (Instituto Latino-Americano das Nações Unidas).

Concordando ou não, uma coisa temos que aceitar, o cara tem bagagem para opinar... não nos esquecendo nunca da máxima do mestre Nelson Rodrigues "toda unanimidade é burra"!

Utilidade Pública - Vacina anti-cancer



Já existe vacina anti-câncer (pele e rins). Foi desenvolvida por cientistas médicos brasileiros,uma vacina para estes dois tipos de câncer, que se mostrou eficaz, tanto no estágio inicial como em fase mais avançada.

A vacina é fabricada em laboratório utilizando um pequeno pedaço do tumor do próprio paciente. Em 30 dias está pronta, e é remetida para o médico oncologista do paciente.

Nome do médico que desenvolveu a vacina:José Alexandre Barbuto
Hospital Sírio Libanês - Grupo Genoma.
Telefone do Laboratório: 0800-7737327 - (falar com Dra. Ana Carolina ou Dra.. Karyn, para maiores detalhes)
www.vacinacontraocancer..com.br

Alguém pode estar precisando! Divulgem esta vitória da medicina genética brasileira!

enviado por Renato Bruno

Bolsa Família para atingidos pelas chuvas no Rio terá complementação



Do JB com a Agência Brasil

A partir de março, 15 mil famílias dos 22 municípios do norte e noroeste fluminense, que já são atendidas pelo Programa Bolsa Família, vão receber uma complementação do benefício social. Depois de uma reunião de mais de duas horas com o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, anunciou que o governo federal vai antecipar R$ 15 milhões para o Renda Melhor, programa estadual que garante a ampliação da renda das famílias que vivem na condição de extrema pobreza no Rio de Janeiro.

“Com isso as famílias saem da situação de extrema pobreza. A medida não é só emergencial, está sendo antecipada em caráter emergencial. Mas, as famílias passam a receber daqui para frente em caráter permanente até saírem da situação de extrema pobreza”, disse Tereza Campello.

O programa, que é estadual, foi criado para aumentar o benefício que as famílias recebem do Bolsa Família. A proposta é acelerar a ascensão dessas pessoas que vivem em situação de extrema pobreza. Hoje 65 mil famílias de São Gonçalo, região metropolitana do Rio, e da Baixada Fluminense, recebem a complementação com o Renda Melhor. O programa seria ampliado para 230 mil famílias em janeiro de 2013. Mas, com as chuvas, a ampliação da renda foi antecipada para este ano e vai alcançar 245 mil famílias.

A primeira parcela da complementação será liberada um mês depois do pagamento do Bolsa Família, que também foi antecipado para atender a população afetada pelas chuvas. “A antecipação do Bolsa Família é importante, mas é para um mês. Com o Renda Melhor, essas famílias vão ser incluídas em um programa de renda permanente”, disse o secretario de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves. Os benefícios do programa podem variar de R$ 30 a R$ 300, de acordo com a condição de vida de cada família. Neves calcula que, no norte e noroeste fluminense, a renda deve girar em torno de R$ 89.

No início da tarde a ministra Tereza Campello e o secretário Rodrigo Neves foram para Itaperuna, onde se reúnem com os prefeitos de Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, São Fidélis, São Francisco do Itabapoana, Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Itaocara, Italva, Itaperuna, Laje do Muriaé e Santo Antônio de Pádua. Eles vão tratar da questão das enchentes na região que deixaram milhares de pessoas desabrigadas.

Nível de lagoa começa a subir em Campos e preocupa moradores



Cidade permanece em estado de alerta máximo contra a chuva

Do R7

Apesar da trégua da chuva e da queda do nível do rio Paraíba do Sul, a preocupação em Campos dos Goytacazes, no norte do Estado, nesta quinta-feira (12), passou a ser o nível da Lagoa de Cima. A cidade permanece em estado de alerta máximo contra a chuva.

Choveu muito na nascente da do rio em Ibé que desemboca na lagoa e segue para o distrito de Ururai. Moradores do distrito estão aflitos com a possibilidade de serem atingidos pelo transbordamento.

Caso a cheia aconteça, parte da BR-101 pode ficar inundada.

Em Cardoso Moreira, onde um dique se rompeu na noite de domingo (8), 4.004 pessoas continuam desalojadas e 1.713 estão desabrigadas. Algumas ruas ainda estão alagadas. Em Cambuci, o acesso ao único hospital da região está sendo feito de barco.

O secretário de Estado de Saúde, Sérgio Côrtes, vai a Campos nesta quinta para uma reunião com a prefeita da cidade, Rosinha Matheus. O objetivo é avaliar a situação das unidades de saúde e dos moradores do município após as chuvas deste mês e do rompimento de dique que alagou a área de Três Vendas.

O município está entre as nove cidades do norte e noroeste fluminense contempladas com verba extra do Programa de Apoio aos Hospitais do Interior. Ao todo serão R$ 450 mil ao interior do Estado, sendo que R$ 100 mil apenas para Campos.

A cidade também recebeu os kits de Calamidade enviados pela Secretaria de Estado de Saúde às regiões atingidas pelas enchentes e alagamentos.

Outros kits já foram disponibilizados para Laje do Muriaé, Santo Antônio de Pádua, Italva, Cardoso Moreira, Itaperuna e Aperibé. Cada um tem 45 itens e vai armazenado em seis grandes caixas, com estoque para atender até 500 pessoas.

Assista ao vídeo:

Mantida multa à Petrobras



Do Portal EnergiaHoje

A diretoria da ANP negou recurso apresentado pela Petrobras contra multa no valor de R$ 600 mil pela queima excedente de gás natural não associado no campo de Cassarongongo, na Bacia do Recôncavo. A ANP reconheceu o recurso apresentado pela estatal, mas manteve a condenação feita em primeira instância.

A multa faz parte de três autos de infração lavrados contra a empresa em novembro que somam condenações no valor de R$ 5,09 milhões. Pela queima excedente de gás no campo de Cassarongongo, a Petrobras recebeu dois autos de infração. As penalidades somam R$ 2,4 milhões, sendo R$ 1,8 milhão na primeira atuação e R$ 600 mil, na segunda.

A maior multa foi aplicada pelas irregularidades no campo de Linguado, na Bacia de Campos. A ANP condenou a Petrobras a pagar R$ 3 milhões pela queima excedente no campo. A petroleira recorreu e conseguiu reduzir a multa para R$ 2,69 milhões. O campo opera desde novembro de 1981 e tem capacidade para produzir em torno de 2 mil bpd.

A queima de gás nos campos e blocos exploratórios brasileiros, de acordo com dados da ANP, foi de 5,73 milhões de m³/d de gás no mês de novembro. A bacia de Campos, maior produtora do país, é também a maior queimadora de gás, com 3,6 milhões de m³/d de gás. A bacia de Santos vem em segundo lugar, com 1,1 milhões de m³/d de gás natural queimados no penúltimo mês do ano passado.

Rio Paraíba do Sul continua baixando em Campos



Do Jornal do Brasil

O nível do Rio Paraíba do Sul, em Campos, no Norte Fluminense, segue recuando. A última medição, feita às 20h, apontou o nível de 10,64 metros. A Secretaria Municipal de Defesa Civil mantém o estado de alerta.

"O pior passou, mas não existe previsão das pessoas retornarem para casa ainda. O rio precisa atingir a cota de 9 metros para termos mais tranquilidade", afirmou o secretário de Defesa Civil, Henrique Oliveira.

O Rio Ururaí está subindo, mesmo que lentamente. A última medição, feita às 20h, apontou o nível de 3,40 metros. Antes, às 16h, o rio estava com 3,38 metros. O limite para transbordo é de 3,80 metros.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Mas um Campista no BBB 12?!?!?!

Ontem, por alguns minutos, passei por um misto de sentimentos um pouco estranho!  Sensações contraditórias.

Felicidade por saber que mais um campista, e, principalmente, amigo, se tornara integrante de mais uma edição do, no mínimo polêmico, BBB. E, ao mesmo tempo triste, uma vez que não poderia mais contar, às quintas, com as fabulosas cantigas de um dos maiores cantores de MPB, voz e violão de nossa região!

Para sanar minha dúvida liguei para o proprietário da Toca dos Amigos, local das apresentações, digo de passagem, concorridíssimas de Eros Raphael!

Aos risos, Roberto Costa sanou minha "inquietação" informando-me que o cantor, e amigo, por mais que parecesse, ao meu ver, não só fisionomicamente, mas no timble de sua voz, não era o João, da nova Edição do BBB.


Claro que tudo não passou de uma brincadeira. Realmente, para fazer pilhéria, liguei para Roberto. Não podia deixar passar! Afinal, somos todos amigos, e, principalmente, bem-humorados!

Abraços meu amigo, e meio xará, Eros Raphael!

Mas, "cá pra nós" que parece pra "caraí", ahhhhhhhhhhh, parece!!!

Rio Paraíba - Campos dos Goytacazes

Depois de 15 dias de um descanço merecido -  ou não - voltei a fazer minhas caminhadas.
Costumo caminhar "nas pontes", como dizem! Porém como a Barcelos Martins está interditada fui direto para a General Dutra.

 




































































Primeiramente quero pedir desculpas pela resolução das imagens. Elas foram tiradas através de um celular que tem apenas 2.0 mega pixel de resolução.

Pensei em por legenda nas fotos, mas acho que as imagens falam por elas!

As fotos foram realizadas entre 9:50h e 11:05h.

Deixei para postar por ultimo duas fotos que mostram que não adianta muito o trabalho governamental, de qualquer esfera que seja. Nós, população, não importando onde quer que estejamos na margem do Paraíba, somos os maiores culpados de tudo isso que está acontecendo.

É a Mãe Natureza nos dando apenas uma pequena "bronca"!